Enquanto o livro não vem.


Cansado, senta-se à espera da próxima estação.

Os olhos de catarata avistam ao longe a bela

que serpenteia entre os botões dos jasmineiros, toda em cor.

Chega de mansinho, enquanto da boca do ancião

um sorriso floresce ao reconhecê-la.

Ora, se não era a sua Prima?! Aquela tal de Vera...



Escrito por Cíntia Rosângela às 17h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil


BRASIL, Sul, PORTO ALEGRE, Mulher



Meu humor



Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 palavras mortas.
 Túmulo vazio.
 A garganta da Serpente
 Bestiário
 Charles Kiefer
 Carcasse